GUY DEBORDGUY DEBORD

Análise empírica de websites de instituições de ensino superior
Tiago Machado / orient. Emílio Vilar


DISSERTAÇÃO [PT]

RESUMO
Esta dissertação explora a relação entre o design visual de websites de Instituições de Ensino Superior, nomeadamente de Universidades, e a credibilidade que lhes é atribuída pelo público. Os websites deste tipo de organização constituem uma poderosa ferramenta representacional e de comunicação com o exterior, e assumem particular relevância na captação de estudantes, na medida em que constituem a primeira (e muitas vezes a única) interface com potenciais alunos. No contexto online, e especificamente em relação a websites, identificam-se quatro categorias de credibilidade atribuída: credibilidade presumida (baseada em suposições pessoais); credibilidade reputada (baseada no prestigio e reputação das fontes); credibilidade adquirida (baseada em experiências passadas) e credibilidade superficial (baseada nas características visuais das páginas). O estudo empírico aqui desenvolvido centra-se no domínio da credibilidade superficial e testa o pressuposto teórico de que páginas web com bom design visual são percecionadas como mais credíveis do que páginas com mau design visual. Identifica os elementos que maior influência têm sobre a credibilidade percecionada e verifica ainda se existem diferenças de avaliação em função do perfil demográfico e competências informáticas dos utilizadores. Os resultados obtidos demonstram claramente a existência de correlação entre a qualidade do design visual de uma página web e a perceção da sua credibilidade: websites com boa aparência visual são efetivamente percecionados como mais credíveis do que websites com má aparência visual. Para a atribuição de credibilidade concorrem sobretudo a organização e estrutura visual, a imagética, as cores e os padrões. Este estudo é o primeiro a procurar isolar a componente visual de um website, de modo a que a aferição da credibilidade se realize exclusivamente com base na aparência. É também o primeiro a estudar a relação entre o design visual e a perceção de credibilidade aplicada a websites de Instituições de Ensino Superior, e precursor na identificação das propriedades visuais que mais contribuem para a perceção da credibilidade superficial.
Palavras-chave: Design Visual, Perceção, Credibilidade, Websites, Ensino Superior, Universidades.

ABSTRACT
This dissertation explores the relationship between the visual design of websites in higher education institutions, namely universities, and the credibility assigned to the by the public. In this kind of organisations, websites constitute a powerful representational and communication tool, and are particularly important in attracting students, as they are the first (and often the only one) interface with potential candidates. Online, and specifically with regard to websites, there are four identified categories of assigned credibility: presumed credibility (based on personal assumptions); reputed credibility (based on the prestige and reputation of the sources); earned credibility (based on past experiences) and surface credibility (based on the visual characteristics of web pages). The empirical study developed focuses on surface credibility and tests the theoretical assumption that web pages with good visual design are perceived as more credible than web pages with bad visual design. It also seeks to identify the visual elements that impact the most on surface credibility and verifies whether there are differences in this assessment relating to the demographic profile and computer skills of users. The findings clearly show the existence of a correlation between the quality of the visual design of a web page and the perception of its credibility: websites with good visual appearance are perceived as more credible than websites with bad visual appearance. The visual elements that mostly influence credibility are: organisation and visual structure, imagery, colours and patterns. This study is the first to try and isolate the visual component of a website, so that the assessment of credibility is made exclusively on the basis of its appearance. It is also the first to approach the relationship between visual design and the perception of credibility on the web in the higher education sector and a precursor in the identification of the visual elements that contribute to the perception of superficial credibility.
Keywords: Visual Design, Perception, Credibility, Websites, Higher Education, Universities.

Análise empírica de websites no sector da saúde
Mafalda Sequeira / orient. Emílio Vilar

DISSERTAÇÃO [PT]

RESUMO
O presente estudo averigua a relação entre o design visual de websites no setor da saúde, nomeadamente de hospitais e clínicas, e a credibilidade que lhes é atribuída pelos utilizadores. A aferição da credibilidade da informação sobre saúde online assume particular importância devido ao seu vulgar uso como meio de autodiagnóstico, e se se considerar a gravidade, comparativamente a outras áreas, das consequências que ações resultantes de informação dúbia ou errónea podem ter. No contexto online, e especificamente em relação a websites, identificam-se quatro categorias de credibilidade atribuída: a presumida (baseada em suposições pessoais); a reputada (baseada no prestigio e reputação das fontes); a adquirida (baseada em experiências passadas) e a superficial (baseada nas características visuais das páginas). Esta investigação, de base empírica, centra-se na credibilidade superficial e testa o pressuposto teórico de que páginas web com bom design visual são percecionadas como mais credíveis do que páginas com mau design visual. Identificam-se ainda os elementos visuais que mais influência têm sobre a perceção de credibilidade e verifica-se a existência de diferenças de avaliação em função do perfil demográfico e competências informáticas dos utilizadores. Os resultados obtidos confirmam claramente a existência de uma correlação forte entre a qualidade do design visual de uma página web e a perceção da sua credibilidade, constatando-se que websites com boa aparência visual são efetivamente percecionados como mais credíveis do que websites com má aparência visual. Para a atribuição de credibilidade concorrem sobretudo a imagética, a organização e estrutura visual, as cores e os padrões. Este estudo é o primeiro a procurar isolar a componente visual dos websites, minimizando o impacto dos outros fatores, como o conteúdo textual, logótipos e referências visuais identificadoras das fontes, por forma a aferir a importância e influência específicas da aparência visual na perceção de credibilidade. É também o primeiro, no contexto português, a averiguar a relação entre design visual e credibilidade percecionada em websites do setor da saúde, e um dos precursores na identificação das propriedades visuais que mais contribuem para a perceção de credibilidade superficial.
Palavras-chave: Design Visual, Perceção, Credibilidade, Websites, Saúde

ABSTRACT
This study investigates the relationship between the visual design of websites in the health sector, notably hospitals’ and clinics’ websites, and the credibility awarded to them by users. The credibility assessment of online health information is particularly important due to its common use as a means of self-diagnosis, where the actions resulting from dubious and erroneous information may have dire consequences, especially if compared to other areas. In the online context, and in particular to websites, four categories of awarded credibility are identified: presumed (based on personal assumptions); reputed (based on the prestige and reputation of the sources); earned (based on past experience) and surface (based on the visual characteristics of the pages). This research, with an empirical basis, focuses on superficial credibility and tests the theoretical assumption that web pages with good visual design are perceived as more credible than pages with poor visual design. It also seeks to identify the visual elements that exert more influence on the perception of credibility and verifies the existence of judgement variations depending on users’ demographic profile and computer skills. The findings clearly show the existence of a strong correlation between the quality of the visual design of a web page and the perception of its credibility, thus verifying that websites with good visual appearance are effectively perceived as more credible than websites with poor visual appearance. Imagery, organisation and visual structure, colours and patterns are the main factors for the attribution of credibility. This study is the first to try and isolate the visual component of websites, minimising the impact of other factors such as textual content, logos and visual references of sources, in order to assess specifically the importance and influence of visual appearance in the perception of credibility. It is also the first, in the Portuguese context, to examine the relationship between visual design and perceived credibility of websites in the health sector, and a precursor in the identification of the visual elements that contribute to the perception of superficial credibility.
Keywords: Visual Design, Perception, Credibility, Websites, Health Sector